• Cuiabá - -
Olho No Esporte MT
MATO-GROSSENSE

Construção de cinco viadutos marca o progresso das obras da primeira ferrovia estadual

Trabalho para implantar infraestrutura começou próximo ao Terminal Ferroviário; um viaduto já foi entregue

Data: 11/12/2023 - Por: Da Redação


ESSA NOTÍCIA É UM OFERECIMENTO:



As obras da primeira ferrovia estadual do Brasil, situada em Mato Grosso, já estão em curso. Até o momento, um viaduto foi concluído, e outros cinco estão em processo de construção. A infraestrutura ferroviária está sendo implantada no trecho próximo ao Terminal Ferroviário de Rondonópolis. Com 743 km de extensão, a ferrovia tem previsão de entrar em operação total a partir de 2030.

A chegada da ferrovia a Mato Grosso foi possível após uma iniciativa do Governo do Estado, que, em 2020, obteve aprovação de uma lei permitindo que a iniciativa privada explorasse ferrovias. A Rumo S/A é a empresa responsável pela construção dos trilhos, que partirão de Rondonópolis, passarão por Cuiabá e chegarão até Nova Mutum e Lucas do Rio Verde.

O processo de autorização foi conduzido pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT), com fiscalização contratual pela Ager. A Rumo é encarregada dos projetos e da obtenção de licenças.

De acordo com a Rumo, atualmente, 600 profissionais estão envolvidos nas obras da rodovia, com previsão de chegar a quatro mil em 2024. Estima-se que a construção da ferrovia gere 78 mil empregos diretos e 38 mil indiretos, segundo a Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (Fiemt).

O governador Mauro Mendes destacou a importância da ferrovia para o estado, beneficiando a população mato-grossense.

"A BR-163 está hoje estrangulada, é um gargalo logístico que nós temos. Com a ferrovia, iremos também cuidar da vida das milhares de pessoas que passam por essa estrada e que terão muito mais segurança", afirmou no lançamento das obras.

As obras iniciaram em novembro de 2022 com a construção de um viaduto de 107 metros sobre a BR-163, em frente ao Terminal Ferroviário de Rondonópolis. Outros cinco viadutos, com extensões entre 23 e 181 metros, estão em construção entre Rondonópolis e Juscimeira.

Ao todo, serão construídas 22 pontes, 21 viadutos, cinco passagens inferiores e dois túneis. Os primeiros 8,6 quilômetros dos trilhos também estão em construção, ao lado do Terminal Ferroviário, e a terraplanagem é realizada em 35 km. Em 2024, está prevista a continuidade das obras ao longo de 150 km.

"Essa ferrovia vem trazer para Cuiabá e Mato Grosso o que era esperado por todos nós há mais de 100 anos. Essa obra é um marco de desenvolvimento para Mato Grosso, uma vitória do Estado", avaliou o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira.

A ferrovia percorrerá 16 municípios mato-grossenses, garantindo conexão com a malha ferroviária nacional e o Porto de Santos. Além de facilitar o escoamento da produção local, os trilhos possibilitarão uma chegada mais eficiente de produtos e insumos de outras regiões do Brasil.

A obra também está atenta às preocupações ambientais, prevendo a construção de 155 passagens para animais, 126 km de cercas de direcionamento e o primeiro viaduto vegetado de Mato Grosso.







Top