• Cuiabá - -
Olho No Esporte MT
MATO-GROSSENSE

Intermat aposta na transformação digital para agilizar emissão de escrituras urbanas e rurais

Projetos terão cerca de R$ 13,5 milhões em recursos de diversas fontes de captação

Data: 09/12/2023 - Por: Da Redação


ESSA NOTÍCIA É UM OFERECIMENTO:



O Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat) está empenhado em aprimorar seus serviços por meio da modernização digital. Com a implementação de diversas ações, a autarquia está investindo significativamente em tecnologia para melhorar o atendimento ao cidadão e acelerar os processos de Regularização Fundiária Urbana e Rural no Estado de Mato Grosso.

Os projetos tecnológicos fazem parte do Programa de Modernização do Intermat, com diversas fontes de financiamento, incluindo o Fundo Amazônia/BNDES, que está viabilizando cerca de R$ 13,5 milhões, sob coordenação da Casa Civil, e em consonância com o Programa Terra a Limpo.

O Intermat opera por meio de cooperação técnica, com a Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) orientando e viabilizando as ações. A Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) também está envolvida, fornecendo soluções, infraestrutura e serviços de TIC. Essa parceria é crucial para assegurar melhorias na prestação de serviços ao cidadão, com eficiência e menor custo.

Um investimento de aproximadamente R$ 10 milhões visa a implementação de uma arquitetura que abrange o Sistema Corporativo de Gestão Fundiária e pelo menos 20 serviços digitais até 2025. Isso resultará em ganhos de produtividade, qualidade aprimorada e custos reduzidos, ampliando o potencial de atendimento ao cidadão. Este, por sua vez, poderá acessar a Carta de Serviços do Intermat e ser atendido via MT Cidadão de qualquer lugar com acesso à internet, a qualquer hora do dia, eliminando a necessidade de deslocamento até a sede da autarquia, como ocorre atualmente.

Essas melhorias gradativas visam a diminuir a necessidade de atendimento presencial no órgão, já que a população terá acesso aos seus processos em tempo real e na palma da mão.

A transformação digital inclui a implantação de um novo modelo de gestão da Base de Dados Fundiários e Cartográficos, possibilitando, por exemplo, a atualização da base cartográfica do Estado para subsidiar o Sistema Estadual de Informações Cartográficas, fornecendo à sociedade mato-grossense dados geográficos e georreferenciados do território de Mato Grosso.

Como resultado, foi desenvolvido o Portal de Dados Cartográficos, pronto para capacitar não apenas as agências governamentais do Estado, mas toda a população com fácil acesso a essas informações.

Numa segunda fase, o Sistema de Informações Fundiárias e Cartográficas incluirá a integração com Estados da Amazônia Legal, Incra, municípios e demais órgãos do Governo de Mato Grosso. Esse processo abrangerá áreas como Segurança Pública, Gestão Ambiental, Agricultura Familiar e Desenvolvimento Regional, que executam políticas públicas correlacionadas.







Top