• Cuiabá - -
Olho No Esporte MT

Sema reforça infraestrutura para assistência a animais silvestres durante incêndios no Pantanal

Dois veículos volantes rodarão toda a Transpantaneira, em especial a região do Porto Jofre, com equipes de veterinários especializados em animais silvestres

Data: 18/11/2023 - Por: Da Redação


ESSA NOTÍCIA É UM OFERECIMENTO:



A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) reforçou neste sábado (18.11) a infraestrutura para atendimento à fauna silvestre durante os incêndios que atingem o Pantanal mato-grossense.

Médicos veterinários especializados em animais silvestres foram contratados para colaborar com os servidores da Coordenadoria de Fauna e Recursos Pesqueiros da Sema-MT nesses atendimentos. Além disso, dois veículos volantes circularão continuamente pela Rodovia Transpantaneira, principalmente na região do Porto Jofre, para identificar e resgatar animais que necessitam de assistência veterinária.

O posto de atendimento da Sema, localizado no km 17 da Transpantaneira, será utilizado para atender os animais silvestres, com quatro recintos montados. Além disso, os recintos da Ampara Silvestre, no km 110, próximo a Porto Jofre, também estão disponíveis para a Secretaria.

A área afetada pelos incêndios no Pantanal mato-grossense, de janeiro a novembro deste ano, é de 519 mil hectares, correspondendo a 9,6% da área total de 5,3 milhões de hectares. Os veículos volantes estão equipados com instrumentos de resgate e captura, como zarabatana, caixas de transporte, gancho, cambões e caixas de medicamentos.

As equipes, compostas por médicos veterinários e servidores do setor de Fauna da Sema, estarão disponíveis em tempo integral. Duas equipes adicionais fornecerão suporte à equipe volante em questões logísticas e situações de emergência.

O coordenador de Fauna e Recursos Pesqueiros da Sema, Eder Toledo, destacou o monitoramento constante da equipe volante, com suporte total, incluindo os postos estruturados da Sema e os da Ampara para atendimento à fauna silvestre.

No âmbito do plano de trabalho integrado com o Governo Federal, anunciado nesta terça-feira (14.11), maquinários apreendidos serão utilizados nas ações em campo, além da ampliação do efetivo na região, com mais brigadistas, aeronaves e embarcações. O governo já investiu mais de R$ 240 milhões em ações de prevenção e combate aos incêndios florestais e desmatamento ilegal desde 2019, destinando R$ 38 milhões em 2023 ao plano de combate a incêndios, com um adicional de R$ 6,4 milhões em novembro para insumos e equipamentos.







Top