• Cuiabá - -
Olho No Esporte MT
MATO-GROSSENSE

Botelho realiza encontro com representantes de servidores para discutir demandas para 2023 e 2024

Vamos apresentar essas solicitações e tenho certeza de que todos os deputados irão nos ajudar a aprovar

Data: 19/08/2023 - Por: Da Redação


ESSA NOTÍCIA É UM OFERECIMENTO:



O deputado estadual Eduardo Botelho (União Brasil), presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso – ALMT, se reuniu nesta sexta-feira (18) com representantes do Sindifisco (Sindicato dos Fiscais de Tributos de Mato Grosso) e da Associação dos Fiscais de Tributos Estaduais de Mato Grosso. O encontro aconteceu na sede do Sindifisco, localizada no Centro Político Administrativo, em Cuiabá.

Durante a reunião, Botelho ouviu reivindicações relacionadas aos servidores públicos estaduais de diversas categorias. As pautas abordaram temas como questões previdenciárias dos servidores, incluindo a correção monetária na base de cálculo das contribuições previdenciárias; aposentadoria por incapacidade permanente; limitação do teto remuneratório do servidor público; e a capacitação para melhor atendimento aos cidadãos.

Botelho enfatizou a importância do encontro e expressou seu compromisso em abordar as distorções presentes no sistema previdenciário. Ele agradeceu pela oportunidade de dialogar com as categorias dos servidores públicos do estado e discutir questões tão relevantes que afetam diretamente a vida das pessoas.

"Recebi as solicitações dos Sindicatos e Associação, vou levar ao conhecimento do executivo e me comprometo a apoiar as pautas de reivindicações. Precisamos corrigir as distorções existentes na Previdência, como por exemplo, a disparidade entre o valor da pensão em caso de morte e o benefício de invalidez, onde a pensão é maior, o que é injusto e precisa ser revisto. Também iremos debater o teto dos aposentados e pensionistas em plenário, e tenho confiança de que todos os deputados irão nos apoiar na aprovação dessas mudanças", afirmou o deputado.

O presidente do Sindifisco, João José de Barros, que está em seu segundo mandato à frente da instituição, ressaltou a importância do diálogo com Botelho e enfatizou que as demandas apresentadas não se limitam à categoria dos Fiscais de Tributos do Estado. Ele destacou que as reivindicações visam corrigir distorções que surgiram durante a Reforma da Previdência.

Também presente na reunião, Flávio Emilio Rodrigues Auerswald, presidente da Associação dos Fiscais de Tributo, expressou gratidão a Botelho pela receptividade em relação às reivindicações, enfatizando que se trata de demandas que abrangem todos os servidores públicos de Mato Grosso, sem distinção de categoria.

Diany Dias, presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário e Pecuário do Estado de Mato Grosso – Sintap, também participou da reunião. A reunião demonstra o compromisso de Botelho em promover um ambiente de diálogo aberto e produtivo, visando soluções que beneficiem os servidores públicos e, por consequência, toda a sociedade.







Top