• Cuiabá - -
Olho No Esporte MT
MATO-GROSSENSE

Estudantes quilombolas da UFMT já podem requerer bolsas de estudo do Governo de MT

Interessados deverão assinar Termo de Compromisso no Sistema Eletrônico de Informações da Universidade, a partir de segunda-feira (06.02)

Data: 03/02/2023 - Por: Da Redação


ESSA NOTÍCIA É UM OFERECIMENTO:



Os estudantes remanescentes de comunidades quilombolas, matriculados em cursos da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), podem solicitar as bolsas de estudo concedidas pelo Governo de Mato Grosso, no valor de R$ 900, na próxima segunda-feira (06.02).

Ao todo, 56 acadêmicos serão beneficiados, sendo que 41 considerados hipossuficientes já foram pré-selecionados para receber o recurso, denominado Auxílio Pequi. As outras 15 vagas serão disponibilizadas aos estudantes que se enquadram nos critérios e demonstrar interesse em obter o auxílio, que é pago por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT).

Para ter acesso ao programa, os pré-selecionados deverão assinar o Termo de Compromisso no Sistema Eletrônico de Informações (SEI) da UFMT, entre os dias 6 e 17 deste mês. 

O benefício começa a ser liberado na próxima semana e será pago durante oito meses. 

A bolsa tem por finalidade minimizar as desigualdades sociais, e contribuir para a permanência e diplomação dos estudantes de graduação quilombolas em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

A seleção dos candidatos aprovados pelo Proinq seguiu critérios de classificação que contabilizaram as notas do  ensino médio, seja através do histórico escolar, da análise de pontuação máxima, comparando os últimos 5 anos do Enem ou outras provas que o candidato tiver realizado especificamente na rede estadual de ensino.

Em Mato Grosso, a Seduc-MT oferta a educação quilombola em cinco escolas nos municípios de Vila Bela da Santíssima Trindade, Nossa senhora do Livramento, Barra do Bugres, Santo Antônio de Leverger e Chapada dos Guimarães, além de salas anexas na Comunidade do Chumbo, em Poconé.

O edital de apoio financeiro aos ingressantes pelo Programa de Inclusão Quilombola, o Proinq, já está disponível para consulta AQUI.

 

Fonte:  Governo de Mato Grosso







Top